Assessor de imprensa das polícias ironiza boicote ao Habib’s por morte de menino

0

O assessor da Secretaria de Segurança Pública de SP, Adriano Kirche Moneta, diz que vai “comer 50 esfihas e um Beirute” para contrariar boicote.

Informação – Por Rafael Bruza * com informações da Ponte

Major Massera ao lado do assessor Adriano Moneta / Foto – Reprodução

Enquanto internautas propunham boicote a empresa de fast-food Habib’s, por causa da morte de um menino de 13 anos que morreu em um estabelecimento da rede por parada respiratória pelo uso de drogas e foi arrastado por seguranças do local, o assessor de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Adriano Kirche Moneta fez um post em seu Facebook ironizando a proposta dos internautas.

“Vou comer 50 esfihas. Só pra contrariar. E um Beirute”, afirmou o assessor em seu Facebook.

Moneta é funcionário terceirizado da empresa CDN Comunicação e hoje trabalha na Secretaria de Segurança Pública, responsável pelas polícias Civil e Militar do Estado de SP, que investiga a morte do menino.

O post do assessor é restrito a seus amigos de Facebook, mas a Ponte obteve acesso a publicação, que rendeu outros comentários irônicos de internautas.

Comentários no post do assessor

Além dos comentários irônicos, um internauta  afirma que “os justiceiros sociais do Facebook” vão “linchar” o assessor. Moneta responde afirmando que o linchamento “já começou”.

No mesmo dia, o post foi apagado. A Ponte publicou outro print em que o assessor se defende de críticas ao responder uma amiga que achou o comentário “desnecessário”.

“Eu posto o que quiser. Não estou afrontando a morte do menino NUNCA (sic). Estou afrontando quem quer fazer campanha contra uma Rede em que eu GOSTO de comer. Sobre a morte do menino: CADEIA para os assassinos – se restar comprovado – e para quem quis mentir sobre a tragédia”, afirma Moneta.

A empresa CDN Comunicações foi procurada pela Ponte e emitiu nota dizendo que o comentário do assessor é pessoal e não reflete posição da empresa.

“A CDN Comunicação esclarece que a afirmação foi postada pelo colaborador Adriano Moneta em seu perfil pessoal, não refletindo a posição da empresa, que, aliás, possui um Código de Conduta que estabelece as diretrizes de uso e comportamento nas redes sociais.

Além disso, a CDN Comunicação informa que Adriano não é responsável pela Comunicação da Secretaria de Segurança Pública e tampouco está autorizado a emitir opiniões em nome da agência ou em nome da Secretaria.”

Comente no Facebook

Comments are closed.