Blogueiro Eduardo Guimarães é conduzido coercitivamente pela Lava a Jato

2

Segundo o blogueiro, PF pretende reconhecer uma fonte que vazou informação sobre a condução coercitiva de Luiz Inácio Lula da Silva, feita em março de 2016.

Por Rafael Bruza

O blogueiro, Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, saindo da SUperintendência da Polícia Federal na Lapa / Foto – Reprodução

O blogueiro Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, foi alvo de condução coercitiva (quando o cidadão é conduzido e obrigado a depor) nesta terça-feira (21) por ordem da Justiça  do Paraná. O blogueiro foi levado de sua casa às 6h da manhã, segundo informação dos Jornalistas Livres, e foi solto por volta das 11h30. O mandado provém de pedido da PF paranaense, que pediu ao órgão em São Paulo o cumprimento da medida. A intenção da PF é reconhecer uma fonte do jornalista, que repassou informação sobre a condução coercitiva de Luiz Inácio Lula da Silva, feita em março de 2016.

“Na verdade eles já sabem quem me passou a informação –uma fonte minha –de que Lula seria levado coercitivamente e teria seus sigilos quebrados”, afirmou Eduardo. “Recebi de uma fonte as informações antes, e eles queriam saber se tenho alguma ligação com a pessoa que vazou. Não conheço essa pessoa. Divulguei porque é o meu trabalho jornalístico. Sou blogueiro e o meu trabalho é divulgar”, afirmou Guimarães, que também questionou a motivação da condução, já que não teria se recusado a prestar depoimento.

O advogado do blogueiro afirma que Guimarães foi conduzido à Superintendência da Polícia Federal, localizada na Lapa, zona norte de SP, sem prévia intimação da Justiça.  Ele teve celular, computador e outros aparelhos apreendidos.

“Sou agora um blogueiro sem equipamento nenhum”, afirma Guimarães.

Ao UOL, o advogado de Guimarães, Fernando Hideo, afirmou que a condução coercitiva hoje revelou “duas arbitrariedades bem claras”. “Pelo Código de Processo Penal, esse tipo de medida demanda qualquer intimação prévia, e isso não houve; a segunda arbitrariedade diz respeito à violação do sigilo de fonte, ao buscar essa informação com jornalista. Isso [o direito de manter sigilo sobre a fonte de informação]  está na Constituição”, declarou o advogado.

#AoVivo Os Jornalistas Livres estão na Polícia Federal da Lapa, em São Paulo. O caso é gravíssimo. O blogueiro Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, foi retirado da casa dele, que fica no Paraíso, na zona Sul de São Paulo, às 6h.A PF chegou ao apartamento às cinco da madrugada . Não permitiu que o porteiro interfonasse e esmurrou a porta da casa.O agentes reviraram todo o apartamento e aprenderam os celulares da família e o computador pessoal do Eduardo. Ele foi conduzido no carro da PF para a superintendência da Lapa.Eduardo Guimarães teria sido preso por ter denunciado que a PF estava avisando/vazando para jornalistas da mídia golpista a iminente condução coercitiva do Lula.Por Martha Raquel Rodrigues • Jornalistas Livres

Posted by Jornalistas Livres on Tuesday, March 21, 2017

A bancada dos deputados estaduais do PT suspendeu as atividades programadas para esta terça-feira (22) em solidariedade ao blogueiro. Os deputados José Zico Prado, líder da bancada na Assembleia de São Paulo, e Alencar Santana Braga foram à sede da Superintendência da PF.

“Aos moldes dos tempos sombrios da ditadura militar, o blogueiro está incomunicável, sem acesso a advogados e direito de defesa, sob a acusação de supostos vazamentos sobre a condução coercitiva do ex- presidente Lula, em março do ano passado, diz a nota da bancada.

Intimação

Segundo o blog Tijolaço, Eduardo Guimarães tinha intimação para depor no dia 3 de abril por causa de uma publicação feita em 2015, através do Twiter, em que teceu críticas o juiz Sérgio Moro, acusando-o de estar prejudicando a economia brasileira. O blogueiro foi acionado pela Associação Paranaense dos Juízes Federais, por suposta ameaça a Moro.

Jornalista formado em Madri, retornou ao Brasil em 2013 para lançar um meio de comunicação próprio. Idealizou, projetou e lançou o Indepedente em fevereiro de 2016. Acredita que o futuro do mundo está dentro de cada um de nós e trabalha para que as pessoas tenham uma visão realista, objetiva e construtiva do planeta Terra.

Facebook Twitter LinkedIn 

Comente no Facebook