Bolsonaro hesita ao ser questionado sobre cargo de Carlos Marun no conselho da Itaipu Binacional

0

(Assista) O aliado de Eduardo Cunha tem salário de R$ 27 mil na empresa que pertence a Brasil e Paraguai

Por Rafael Bruza

O presidente da República, Jair Bolsonaro, hesitou nesta terça-feira (26) ao confirmar que o ex-ministro de Michel Temer, Carlos Marun, ocupa um cargo no Conselho de Administração da empresa Itaipu Binacional. A cena ocorreu em Foz do Iguaçu (PR), durante cerimônia de posse do novo diretor-geral brasileiro da companhia, o general Joaquim Silva e Luna (que foi ministro da Defesa no Governo Temer).

Questionado por um jornalista, o presidente da República consultou o general Joaquim Silva e Luna para responder que Marun permanece no conselho.

O emedebista comandou a Secretaria de Governo de Michel Temer e não tentou se reeleger deputado federal por seu partido, o MDB. Foi ministro até 31 de dezembro, quando Michel Temer o nomeou ao Conselho de Administração da Itaipu Binacional, em seu último dia de mandato na Presidência da República.

A nomeação, segundo o jornal O Estado de São Paulo, desagradou Jair Bolsonaro.  Em janeiro, presidente recém-empossado chegou a anunciar que revisaria medidas de Michel Temer na Presidência, para verificar se estão de acordo com seus compromissos de Governo.

O cargo de Marun no conselho era uma das decisões de Temer que seriam revertidas por Bolsonaro, segundo o Estadão.

Dia 2 de janeiro, no entanto, Carlos Marun divulgou nota à imprensa informando que sua nomeação foi mantida. Segundo relatou, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, tratou do assunto com Bolsonaro, que decidiu não reverter a nomeação.

“Estarei, portanto, exercendo esta função com o mesmo empenho que dediquei a todas as funções que exerci”, escreveu Marun no comunicado. 

O cargo de conselheiro administrativo de Itaipu Bilateral é um dos empregos mais disputados do alto escalão do Governo Federal. Como conselheiro, Carlos Marun recebe salário de R$ 27 mil para participar de reuniões bimestrais da empresa.

A Itaipu Bilateral administra a usina hidroelétrica de Itaipu e pertence aos governos do Brasil, através da Eletrobrás, e do Paraguai, pela Administración Nacional de Eletricidad (ANDE). O conselho de Administração da empresa é formado por doze pessoas, sendo seis brasileiros e seis paraguaios, e dois representantes dos Ministérios das Relações Exteriores, um de cada país.

Quem é Carlos Marun?

O ex-ministro compôs a chamada “tropa de choque” do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, que atualmente está preso em Curitiba (PR) por desvios investigados pela Operação Lava Jato.

Com apoio de Marun e outros deputados do MDB, Solidariedade e PP, Cunha conseguiu postergar seu processo de cassação até torná-lo o mais longo da história da Câmara.

Em dezembro de 2016, Marun chegou a visitar Eduardo Cunha na prisão. Pouco depois, foi acusado por reportagem do jornal O Globo de usar dinheiro público para custear parte da viagem e devolveu a verba diante da repercussão do caso.

Jornalista formado em Madri, retornou ao Brasil em 2013 para lançar um meio de comunicação próprio. Idealizou, projetou e lançou o Indepedente em fevereiro de 2016. Acredita que o futuro do mundo está dentro de cada um de nós e trabalha para que as pessoas tenham uma visão realista, objetiva e construtiva do planeta Terra.

Facebook Twitter LinkedIn 

Comente no Facebook

Comments are closed.