Como o avanço tecnológico pode influenciar nas mudanças culturais

0

A era digital na produção de eventos.

O avanço tecnológico é responsável por ocasionar consideráveis mudanças no comportamento e nos hábitos de interação da sociedade de modo geral. A medida em que as novas tecnologias avançam, geram uma revolução na forma em que as pessoas se relacionam com o mundo.

Mesmo que, ainda alguns, neguem que a transformação cultural e o progresso tecnológico estejam associados, tanto a influência da tecnologia na cultura como a interferência da cultura no progresso tecnológico mostram como elas estão totalmente interligadas. 

Dentre as conquistas tecnológicas que mais impactaram os costumes e a cultura da humanidade, incluem-se, com certeza, a internet e todas as possibilidades e facilidades que ela viabilizou para melhorar a vida das pessoas. Um estudo recente da União Internacional de Telecomunicações (UIT), agência das Nações Unidas, apontou que mais da metade da população mundial está conectada à internet. São 3,9 bilhões de pessoas (o equivalente a 51% da população mundial) ligadas à rede. Essa nova era digital forçou as empresas a repensarem os seus negócios desenhando novas estratégias para se manterem competitivas no mercado atual. Nessa onda de inovação que influencia o modo de pensar e agir, surgiram diversos Aplicativos e Sistemas Web que transformaram a vida das pessoas. Tanto para quem gera quanto para quem consome conteúdo. 

Uma das principais relações da tecnologia na vida das pessoas é vista no desenvolvimento de soluções práticas. Mas, mesmo com tanta inovação tecnológica os produtores de eventos ainda trabalham, na maioria das vezes, com poucas alternativas de recursos.

No entanto, Foi nesse cenário que o evento Baile do Antares em parceria com a Simonini Software ganhou espaço inovando nos recursos inteligentes de bilheteria.

Trata-se de um exemplo de modificação que veio para substituir modelos arcaicos.

A 3ª edição do evento contou com um sistema de bilheteria inteiramente digital, através do site da Houzi Records. O participante podia fazer um cadastro através do link fornecido e todos os dados iam para um Backend. A pessoa cadastrada recebia no e-mail um QR CODE que validava na entrada do evento. 

Essa plataforma beneficiou ambos os lados, a organização do evento e seus consumidores, tendo em vista que a leitura do QR CODE era feita em questões de segundos mostrando todos os dados necessários para a entrada do participante no evento, além da eficácia de evitar fraudes na venda de ingressos. Não é só nesse caso que a tecnologia é decisiva para o desenvolvimento de soluções práticas que melhoram a qualidade de vida das grandes cidades. Em todos os âmbitos é preciso adequar-se ao novo e se modernizar. Ganha os geradores de conteúdo e os usuários. Os que estão presos ao passado ficarão para trás.

Jornalista formado em Madri, retornou ao Brasil em 2013 para lançar um meio de comunicação próprio. Idealizou, projetou e lançou o Indepedente em fevereiro de 2016. Acredita que o futuro do mundo está dentro de cada um de nós e trabalha para que as pessoas tenham uma visão realista, objetiva e construtiva do planeta Terra.

Facebook Twitter LinkedIn 

Comente no Facebook

Comments are closed.