Joana Maranhão irá à Justiça contra internautas que a ‘ofenderam e xingaram’

1

A nadadora agradeceu os insultos, pois acredita na vitória no poder Judiciário e promete dirigir a verba arrecadada nos processos à uma ONG que luta contra a pedofilia.

Informação – Redação

A nadadora Joana Maranhão, que promete entrar na Justiça contra internautas / Foto - Reprodução
A nadadora Joana Maranhão, que promete entrar na Justiça contra internautas / Foto – Reprodução

Depois de não conseguir a classificação para a final dos 400 medley pelas Olimpíadas do Rio de Janeiro e de receber uma série de mensagens de repúdio nas redes sociais, a nadadora olímpica Joana Maranhão disse em seu perfil de Facebook nesta segunda-feira (08) que coletou o “nome, dados e CPF” de todos os internautas que foram até sua página na rede social para a “denegrir, ofender e xingar” e afirma que entrará na Justiça contra estes cidadãos.

Ela entende que a causa está “ganha” e agradece os insultos, pois pretende dirigir o dinheiro arrecadado na Justiça à ONG Infância Livre, que luta contra a pedofilia no Brasil.

“A todos os perfis verdadeiros que vieram até aqui denegrir, ofender e xingar: muito obrigada! Fiquei em silêncio permitindo que vocês se sentissem a vontade enquanto o advogado coletava nome, dados e cpf de cada um. A partir da próxima semana estaremos entrando com ação na justiça, com todas as provas (inclusive cobertura da imprensa), trata-se de uma causa ganha e com esse dinheiro estaremos potencializando as ações da ONG infância livre. Sendo assim: muito obrigada! O ódio de vocês será revertido para uma boa causa; combate à pedofilia”, afirma Joana em publicação no Facebook.

A todos os perfis verdadeiros que vieram até aqui denegrir, ofender e xingar: muito obrigada!Fiquei em silêncio…

Posted by Joanna Maranhão on Monday, August 8, 2016

A atleta é uma reconhecida defensora de Dilma Rousseff e crítica ao Impeachment da presidente. Costuma receber muitas críticas e até ofensas em seus perfis nas redes sociais, principalmente de internautas identificados com a direita política.

Em 2015, quando se preparava para os Jogos Pan-Americanos, a nadadora disse que não representa “quem aplaude Feliciano, Bolsonaro e Cunha”. Desde então, suas declarações ganharam repercussão na mídia e nas redes sociais.

Comentários de alguns internautas no perfil da nadadora
Comentários de alguns internautas no perfil da nadadora

Cabe inclui outro post ofensivo, enviado por um leitor do Independente:

comentarios joana maranhao

Jornalista formado em Madri, retornou ao Brasil em 2013 para lançar um meio de comunicação próprio. Idealizou, projetou e lançou o Indepedente em fevereiro de 2016. Acredita que o futuro do mundo está dentro de cada um de nós e trabalha para que as pessoas tenham uma visão realista, objetiva e construtiva do planeta Terra.

Facebook Twitter LinkedIn 

Comente no Facebook

Discussion1 comentário