Nove empresários bancaram quase metade da campanha de Tabata, superando repasses do PDT

0

A deputada recebeu doações de três executivos da Ânima Educação, além de outros empresários, como Nizan Guanaes (foto), dono de uma das maiores empresas de publicidade do país, a Agência África, e Patrice Philippe, que direcionou verbas apenas a políticos do RenovaBR.

 Por Rafael Bruza

Em 2018, a campanha da deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) recebeu um total de R$ 509,5 mil em doações de nove grandes empresários de diferentes setores. O valor supera o repasse total da Direção Nacional do PDT à parlamentar – que foi de R$ 100 mil, proveniente do Fundo Eleitoral – e os R$ 58,1 mil arrecadados por financiamento coletivo.

A soma das quantias doadas apenas por estes nove empresários equivalem a 39,45% da receita da campanha da deputada, que arrecadou R$ 1,2 milhão ao todo, segundo sua Prestação de Contas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Os nove executivos são: Patrice Philippe Nogueira Baptista Etlin (que doou R$ 90 mil), Nizan Mansur de Carvalho Guanaes Gomes (R$ 79,5 mil), Maurício Bittencourt Almeida Magalhães (R$ 50 mil), Marco Racy Kheirallah (R$ 50 mil), Marcelo Battistella Bueno (R$ 50 mil), Luiz Felipe Coutinho Dias de Souza (R$ 50 mil), Daniel Krepel Goldberg (R$ 50 mil), Daniel Faccini Castanho (R$ 50 mil) e Ricardo Steinbruch (R$ 40 mil).

Veja a lista completa de doadores no final da reportagem.

Em comparação, os R$ 100 mil repassados pelo PDT – em três parcelas – correspondem a 7,75% do total arrecadado pela campanha eleitoral da parlamentar, enquanto os R$ 58,1 mil do financiamento coletivo representam apenas 4,5% da receita.

Todas as doações são legais e foram registradas pelo TSE, que aprovou a prestação de contas da deputada. Tabata, assim como outros políticos do RenovaBR, dispensou a verba de Fundo Partidário.

O empresário que mais doou

Entre os nove executivos (veja a lista completa, abaixo), destaca-se Patrice Philippe Nogueira Baptista Etlin, sócio-gerente da consultoria de investimentos, Advent, que direcionou R$ 90 mil à campanha da deputada, numa única transferência.

Todas as doações a campanhas eleitorais realizadas pelo empresário, em 2018, foram dirigidas a políticos do Renova BR.

O deputado federal, Vinicius Lazzer Poit (Novo-SP) recebeu R$ 80 mil de Patrice Philippe. A candidata à deputada federal, Juliana Augusto Cardoso (PR-SP), obteve R$ 30 mil, e o deputado estadual de São Paulo, Daniel José da Silva (Novo) ganhou R$ 20 mil do empresário.

Todos foram eleitos, com exceção de Juliana Augusto Cardoso.

O Independente procurou o RenovaBR para questionar se o movimento faz papel de intermediário entre os empresários doadores e seus políticos, mas não obteve respostas até o momento da publicação.

Doações de executivos da educação

Além do aporte de Patrice Philippe, Tabata Amaral também recebeu três doações de executivos da Ânima, conglomerado do setor da educação – o mesmo em que a deputada especializou seu trabalho parlamentar.

A Ânima possui cerca de 100 mil alunos em universidades como a UNA, a Universidade São Judas, a UniBH e a UniSocioesc, além da filial brasileira da escola internacional de gastronomia Le Cordon Bleu.

O presidente da companhia, Marcelo Battistella Bueno, doou R$ 50 mil à campanha de Tabata Amaral, mesmo valor oferecido por seu sócio, Daniel Faccini Castanho, e pelo executivo da empresa, Daniel Krepel Goldberg.

Somadas, portanto, as doações de empresários da Ânima Educação a Tabata chegam a R$ 150 mil – valor quase igual aos R$ 158,1 mil, obtidos com repasse do PDT e financiamento coletivo.

Procurada pelo Independente, para comentar a doação que três de seus executivos fizeram a candidatura de Tabata, a assessoria da Ânima Educação afirmou que a companhia em si não fez doações a nenhum candidato.

“A Ânima é uma instituição apartidária, que cumpre integralmente a legislação, não tendo realizado doação alguma a qualquer candidato. Somos uma instituição que respeita a liberdade e a pluralidade de pensamento, inclusive daqueles que compõem nossa comunidade acadêmica e institucional, direitos que, aliás, são garantidos constitucionalmente”, afirmou, em nota.

Doação de publicitário

Entre os demais doadores, ainda aparece o nome do publicitário Nizan Guanaes, que doou R$ 79,5 mil à deputada, numa única parcela.

Nizan é co-fundador do Grupo ABC de Comunicação, um dos maiores conglomerados do setor, na América Latina, dono da Agência África, quinta maior empresa publicitária do país, que teve um faturamento bruto, em 2016, de R$ 2,27 bilhões, segundo a Associação Brasileira das Agências de Publicidade (Abap ).

A Agência África também é referência no setor de mídia por produzir e difundir propagandas de grandes empresas, como a Brahma, Budweiser, ESPN, Folha de SP, Itau, Natura, Vivo e Vale.

Além disto, como publicitário, Nizan Guanaes foi responsável pelas campanhas à Presidência da República dos políticos do PSDB, Fernando Henrique Cardoso (1994 e 1998) e José Serra (2002).

O empresário também fez doação de R$ 79,5 mil à campanha do deputado estadual do Rio de Janeiro, Renan Ferreirinha (PSB), que pertence aos movimentos RenovaBR e ao Acredito, assim como Tabata.

Outro lado

O Independente procurou a deputada Tabata Amaral para questioná-la sobre eventuais influências que as doações de grandes empresários podem exercer em suas decisões parlamentares – como o voto favorável à Reforma da Previdência, que gerou sua suspensão no PDT, nesta quarta-feira (17)saiba mais, abaixo.

A parlamentar, porém, não respondeu aos questionamentos do jornal – caso responda, esta reportagem será atualizada.

A despeito disto, a repórter Amanda Audi, do The Intercept Brasil, questionou Tabata recentemente sobre “o apoio de megaempresários com interesses políticos”.

Ela negou que as doações destes executivos interfiram em seu trabalho parlamentar.

“Eu vejo essas pessoas com frequência, tenho carinho por elas, mas não me encontro com elas fora de contextos sociais. Não tem ninguém me mandando mensagem, ligando, me enchendo o saco”, me disse. “Eu admiro o Jorge Paulo Lemann. Sabe, a gente tem uma das maiores empresas do mundo que tem brasileiros no poder. Eu acho que aí que a esquerda erra. Qual é o problema disso?”, perguntou.

Pressão contra Tabata

Tabata Amaral foi a sexta deputada federal mais votada em São Paulo, com 260,9 mil votos, e foi eleita pelo PDT como uma figura de renovação na centro-esquerda, com destaque na área de educação.

Ao votar a favor da Reforma da Previdência, contrariando posição do PDT, no entanto, a deputada se tornou alvo de internautas contrários à proposta e passou a correr o risco de ser expulsa do partido.

Ao longo de julho, hashtags como #TabataTraidora estiveram entre os assuntos mais falados do Twitter e diversos eleitores da pedetista se diziam decepcionados com o voto favorável à mudança previdenciária.

Tabata reagiu às críticas. Em vídeo publicado em seus perfis nas redes sociais, disse que votou a favor da Reforma da Previdência por “consciência”.

“Meu voto pela reforma é um voto de consciência, não é vendido, não é por dinheiro de emendas. Segue as minhas convicções e tudo o que eu estudei até aqui. Olho pelo futuro do país”, afirmou.

Dias depois, em sua coluna no jornal Folha de S. Paulo, Tabata afirmou que “a extrema esquerda não admite flexibilidade de posicionamento, pois está enclausurada em suas amarras”. 

“Muitos partidos já não representam de fato a sociedade, mas somente alguns de seus nichos”, disse ela em outro trecho da coluna.

A suspensão do PDT e possível expulsão

Nesta quarta-feira (17), presidente do PDT, Carlos Lupi, anunciou a suspensão provisória da deputada federal Tabata Amaral e outros sete colegas que votaram a favor da Reforma da Previdência.

Lupi afirmou que o partido não aceitará mais filiados ligados a grupos da sociedade civil com financiamento externo e avaliou como um “erro” dele e do ex-governador Ciro Gomes (CE) a filiação da deputada federal Tabata Amaral (SP) à sigla.

“O partido não dará legenda nem a vereador, deputado ou qualquer filiado que tenha financiamento clandestino. Financiamento patrocinado por organizações pessoais, privadas, particulares, de gente muito poderosa que se utiliza de grupos para financiar e ter os votos de parlamentares dentro da sigla do PDT”, disse o presidente da sigla.

A expectativa é que todo o processo dure de 45 a 60 dias. De acordo com o rito estatutário, os envolvidos terão prazo para apresentação da defesa. Ao final desse período, a direção nacional do PDT decidirá se expulsa ou não os oito dissidentes ou se toma alguma outra medida administrativa.

A assessoria de imprensa de Tabata Amaral informou ao UOL que a deputada não vai se manifestar sobre o assunto.

Segundo Lupi, a punição aplicada impede que os parlamentares “falem em nome” do PDT ou utilizem a estrutura da legenda. O líder na Câmara, André Figueiredo (PDT-CE), será orientado a pedir a retirada dos dissidentes das comissões na Casa.

“Os oito parlamentares estão com as suas atividades partidárias e de representação na Câmara suspensas. Nenhum desses oito pode falar em nome do partido, ter função em nome do partido ou participar da direção do partido até a decisão final do diretório nacional”, disse Carlos Lupi.

Tabata e os colegas que votaram a favor da reforma não participaram da reunião partidária. O vice-presidente do PDT, Ciro Gomes, também não pôde comparecer. Ele já havia confirmado presença em um evento em Salvador antes da convocação para o encontro de hoje.

O presidente do PDT disse acreditar que a Comissão de Ética entregará o relatório no prazo mínimo de 45 dias, o que possibilitaria a convocação da direção nacional, a quem cabe decidir ou não pela expulsão, entre setembro e outubro.

A lista completa de doações

  1. Direção Nacional – Partido Democrático Trabalhista R$100.000,00
  2. PATRICE PHILIPPE NOGUEIRA BAPTISTA ETLIN R$90.000,00
  3. NIZAN MANSUR DE CARVALHO GUANAES GOMES R$79.500,00
  4. Financiamento Coletivo  R$58.103,00
  5. MAURICIO BITTENCOURT ALMEIDA MAGALHAESR$50.000,00
  6. MARCO RACY KHEIRALLAHR$50.000,00
  7. MARCELO BATTISTELLA BUENOR$50.000,00
  8. LUIZ FELIPE COUTINHO DIAS DE SOUZAR$50.000,00
  9. DANIEL KREPEL GOLDBERGR$50.000,00
  10. DANIEL FACCINI CASTANHOR$50.000,00
  11. CLAUDIO AMADEO RODRIGUEZR$50.000,00
  12. RICARDO STEINBRUCHR$40.000,00
  13. RICARDO FERREIRA DE MACEDOR$35.000,00
  14. ROSELY DE FATIMA ZAMBALDIR$30.000,00
  15. REGINA CONCEICAO DIAS COELHOR$25.000,00
  16. PEDRO LORENA CAMPOSR$25.000,00
  17. MARIA LUCIA PEREIRA COELHOR$25.000,00
  18. PEDRO WAGNER PEREIRA COELHOR$20.000,00
  19. LUCIANA DE OLIVEIRA CEZAR COELHOR$20.000,00
  20. EDUARDO SALOMAO NETOR$20.000,00
  21. CLECIUS CUIABANO PEIXOTOR$20.000,00
  22. LEONN LAUTERBACHR$18.000,00
  23. EDGAR GLEICHR$18.000,00
  24. JANAINA CAMPOS COSTA GALVAOR$16.500,00
  25. CRISTINA HELENA ZINGARETTI JUNQUEIRAR$15.000,00
  26. ANTENOR DE SOUZA MELLO CAMARGO FILHOR$15.000,00
  27. FLAVIA TORRES GLEICHR$12.500,00
  28. RODRIGO TELLES DA ROCHA AZEVEDOR$10.000,00
  29. RENATO OLIVEIRA FURTADOR$10.000,00
  30. PINO MARCO DI SEGNIR$10.000,00
  31. MARTIN HELFST LEICHTR$10.000,00
  32. MARINA CANADA DE MELLO LEITER$10.000,00
  33. LUIZ GUSTAVO ANTONIO SILVA BICHARAR$10.000,00
  34. JOSE EDUARDO NAHAS FILHOR$10.000,00
  35. GUILHERME VIDIGAL ANDRADE GONCALVESR$10.000,00
  36. EDUARDO LUIZ WURZMANNR$10.000,00
  37. BEATRIZ SAWAYA BOTELHO BRACHERR$10.000,00
  38. SUZANA TORRES GLEICHR$7.500,00
  39. LUIS PEDRO TORGAL MIRANDA DIAS FONSECAR$7.000,00
  40. MARIA EDUARDA DE ARRUDA FALCAO VASCONCELLOSR$6.000,00
  41. JANICE MASCARENHAS MARQUESR$6.000,00
  42. ROGERIO FROTA MELZIR$5.000,00
  43. PRISCILA MORAES FILLETIR$5.000,00
  44. PEDRO CRUZ VILLARESR$5.000,00
  45. PAULO ERIC HAEGLERR$5.000,00
  46. MILTON SELIGMANR$5.000,00
  47. LUCIA FERNANDEZ HAUPTMANNR$5.000,00
  48. GUILHERME REHDER QUINTELLAR$5.000,00
  49. GUILHERME FIGUEIREDO MAIA LUZR$5.000,00
  50. ANDRE RACY SIMOESR$5.000,00
  51. ROSE KLABINR$4.999,99
  52. MARILIA ARTIMONTE ROCCAR$4.999,99
  53. CARLOS EDUARDO ANDREONI AMBROSIOR$4.000,00
  54. MARCO JOSE PERLMANR$3.600,00
  55. BERNARDO DOS GUIMARAES BONJEANR$3.120,00
  56. SILVANA RADETICH TINELLIR$3.000,00
  57. ROBERTO KNOEPFELMACHERR$3.000,00
  58. MARCELO MUNERATO DE ALMEIDAR$3.000,00
  59. ANA CRISTINA AMARAL FERRAZR$3.000,00
  60. ROGERIO FERNANDO ALVES DE MOURAR$2.727,62
  61. ROBERTO TIMONERR$2.500,00
  62. JOSE ROBERTO PIRAJA RAMOS NOVAESR$2.500,00
  63. CAUE COSTA MOREIRA AMARALR$2.500,00
  64. MARCO AURELIO LORENA DE MELLOR$2.000,00
  65. LUIZ OTAVIO BARBOSA DE CAMPOSR$2.000,00
  66. JULIO CESAR GARCIA PINA RODRIGUESR$2.000,00
  67. HENRIQUE VALENTE CARNEIROR$2.000,00
  68. CHRISTINA BICALHO HAUER SANTOSR$2.000,00
  69. ANDRE AIDAR FONTES IUNESR$2.000,00
  70. ANA HELENA DE MORAES VICINTINR$2.000,00
  71. CARLOS EDUARDO BRITO LIRAR$1.830,00
  72. RODRIGO TRAD MASCARENHASR$1.800,00
  73. THIAGO BARBOSA SANDIMR$1.500,00
  74. REGINA HELENA SCRIPILLITI VELLOSOR$1.500,00
  75. MARIA EUGENIA COUTINHO DUVA GULLOR$1.500,00
  76. GILSON DE OLIVEIRA SILVA CALAISR$1.500,00
  77. ZILDETE FRANCISCO DE BRITOR$1.350,00
  78. DURVAL DOS SANTOSR$1.350,00
  79. AMANDA DO NASCIMENTO SILVAR$1.350,00
  80. WLADOMIRO NUNES TEIXEIRA JUNIORR$1.000,00
  81. Recurso de Origem não IdentificadaR$1.000,00
  82. MARINA CELLI DE LEMOSR$1.000,00
  83. MARIA ANGELICA BARRETO PYLESR$1.000,00
  84. MARIA ALICE BRAGA FRONTINIR$1.000,00
  85. MARCELO DE ALMEIDA RAMOSR$1.000,00
  86. GRENFEL SCHWARTZ CALHEIROSR$1.000,00
  87. CRISTIANO DA CRUZ LEITER$1.000,00
  88. DANIELA SALVAGNI LEONARD DIAZR$800,00
  89. ARTHUR LOPESR$600,00
  90. 134.545.936-03Quantidade: 1
  91. VIVIAN SACHS DE CAMPOSR$500,00
  92. VALERIA SANDRE WEBERR$500,00
  93. PATRICIA GODOY OLIVEIRAR$500,00
  94. MELINA HOLANDA VIANA NOGUEIRA BATISTAR$500,00
  95. LUCIANA GIANNELLAR$500,00
  96. JORGE HENRIQUE PEIXOTO DA SILVAR$500,00
  97. EUGENIO EMILIO STAUB FILHOR$500,00
  98. ANASTASIE TRIANTAFYLLIDOU DE OLIVEIRAR$500,00
  99. ALIA CAROL CIVITAR$500,00
  100. CAMILA ODILENE DE MENEZESR$450,00
  101. MARCUS VINICIUS CUIABANO PEIXOTOR$400,00
  102. BENEDITO AUGUSTO SEBASTIAO SPINELIR$350,00
  103. RODRIGO FERREIRA ZANELLA DOS SANTOSR$200,00
  104. REBECA FRANCO FAGUNDES DE OURO PRETOR$200,00
  105. CATIA YUASSA TOKOROR$200,00
  106. LUIZ AMBARR$166,00
  107. HERMANTINA MACHADO DE CAMPOSR$100,00

Jornalista formado em Madri, retornou ao Brasil em 2013 para lançar um meio de comunicação próprio. Idealizou, projetou e lançou o Indepedente em fevereiro de 2016. Acredita que o futuro do mundo está dentro de cada um de nós e trabalha para que as pessoas tenham uma visão realista, objetiva e construtiva do planeta Terra.

Facebook Twitter LinkedIn 

Comente no Facebook

Leave A Reply