Paulo Guedes diz que dólar alto é bom: “até empregada doméstica estava indo pra Disney, uma festa danada”

0

Mais uma vez, o ministro queridinho da imprensa liberal deu demonstração de seu elitismo. Vejam:

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quarta-feira (12) que o dólar mais alto é “bom para todo mundo”. Ele afirmou que, com o dólar mais baixo, “todo mundo” estava indo para a Disney, nos Estados Unidos, inclusive “empregada doméstica”. E recomendou que os brasileiros viajem pelo Brasil.

A fala de Guedes:

“O câmbio não está nervoso, (o câmbio) mudou. Não tem negócio de câmbio a R$ 1,80. Todo mundo indo para a Disneylândia, empregada doméstica indo para Disneylândia, uma festa danada. Pera aí. Vai passear ali em Foz do Iguaçu, vai passear ali no Nordeste, está cheio de praia bonita. Vai para Cachoeiro do Itapemirim, vai conhecer onde o Roberto Carlos nasceu, vai passear o Brasil, vai conhecer o Brasil. Está cheio de coisa bonita para ver” — disse o ministro, durante um evento em Brasília

Como se vê, para Guedes, é um incomodo pobre viajar para o exterior. O ministro da economia está a reproduzir preconceitos de classe historicamente arraigados, no Brasil, o que reforça a tese de que os avanços sociais na era petista incomodavam o “andar de cima”. A elite desse país nunca gostou de pobre nos aeroportos e nas universidades.

Na semana passada, Guedes comparou servidores públicos a parasitas. Depois, disse que foi tirado de contexto e pediu desculpas.

Nesta quarta-feira, o dólar bateu o quarto recorde consecutivo em relação ao real. A moeda norte-americana encerrou o dia vendida a R$4,3505, em alta de 0,55%.

Jornalista e formado em ciência política pela UNESP, André Henrique já atuou como docente, assessor parlamentar e consultor político, mas é no jornalismo que o sociólogo se realiza profissionalmente, especialmente na editoria de política.

Comente no Facebook

Comments are closed.